Novo concurso de receitas marca aniversário do Pnae

Postado em 12/04/2017 |

12/04/2017

Em comemoração ao aniversário do Programa Nacional de Alimentação Escolar o FNDE lançou dia 11 a segunda edição do concurso Melhores Receitas da Alimentação Escolar. A Asbran esteve no evento, representada por sua diretora Zaíra Salerno. Também foram premiadas as melhores receitas feitas por merendeiras na primeira edição do concurso. 
 
Neste nova edição  serão selecionadas as melhores receitas  de cada região, disseminando preparações saudáveis e saborosas em todo o país e, no momento da inscrição, além da receita, deverá ser cadastrada uma ação de Educação Alimentar e Nutricional vinculada à receita elaborada, que promova a formação de hábitos alimentares saudáveis no ambiente escolar.
 
PNAE 
 
Segundo Silvio Pinheiro, presidente do FNDE, autarquia vinculada ao MEC responsável pela distribuição dos recursos do Pnae, o programa tem ultrapassado fronteiras e, por isso, também vem chamando a atenção de outros países, muitos na América Latina, como Costa Rica e México. “Todos os meses temos servidores que viajam para fora, a fim de mostrar o nosso trabalho”, explicou.
 
O fato de ser um programa que atravessa inúmeros governos foi igualmente lembrado por Gustavo Chianca, assistente da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO). “O Brasil, hoje, está ‘bem na foto’”, destacou. “Por meio de uma pesquisa feita recentemente, a FAO anunciou que saiu do mapa da fome. Menos de 5% da população brasileira se enquadrava na faixa de insegurança alimentar. Um dos fatores para esse resultado é a alimentação escolar, referência internacional.”
 
Os reflexos positivos do programa também foram destacados por Daniel Balaban, ex-presidente do FNDE e atualmente diretor do Centro de Excelência contra a Fome da ONU: redução do abandono escolar, maior aprendizado (quando o estudante está bem-alimentado) e desenvolvimento econômico local – pois 30% dos produtos comprados são da agricultura familiar. Em algumas nações de origem muçulmana, o programa tem contribuído também para a igualdade de gênero. “Aumentam as matrículas de meninas pelos pais, porque elas passam a ter o que comer fora de casa”, disse.

fonte: Asbran e FNDE

Navegue no portal

O Portal da Asbran está sempre com novidades para melhor atender você. Aqui você vai encontrar muita informação, acessar publicações, resgatar a memória e conferir o calendário de eventos.

TÍTULO DE ESPECIALISTA

em nutrição

CONBRAN

congresso de nutrição

CANAL ASBRAN

vídeos

MEMÓRIA ASBRAN

nossa história

REDE ASBRAN

associe-se

REVISTA DA ASBRAN

eletrônica

AGENDA DA NUTRIÇÃO

eventos programados

PRONUTRI

nutrição clínica