Estratégias alimentares para a saúde planetária

Postado em 21/01/2019 |

A revista científica The Lancet, uma das mais antigas e conhecidas no mundo, publicada no Reino Unido, escolheu 2019 como o ANO DA NUTRIÇÃO e vai tratar do tema sob várias perspectivas. A primeira abordagem já saiu: "Food in the Anthropocene", relatório que trata sobre a questão da necessidade de sintonia entre dietas saudáveis e sistemas alimentares sustentáveis. 
 
A Lancet reuniu 37 dos principais especialistas do planeta que, pela primeira vez, propõem estratégias para acelerar a transformação do sistema alimentar. Eles querem responder à pergunta que muitos de nós fazemos: Podemos alimentar uma população futura de 10 bilhões de pessoas com uma dieta saudável dentro dos limites do nosso Planeta?
 
Os cientistas definiram a base de uma dieta que reduz de maneira significativa o consumo de carne e diminui ainda o consumo de produtos lácteos para 250 gramas/dia. Incentivam a ampliação de produtos de origem vegetal e, entre outras recomendações, acreditam que é possível melhorar a saúde e garantir uma produção sustentável de alimentos de forma a reduzir os danos causados ao planeta. O objetivo é reduzir em mais de 50% o consumo de carne e açúcar e dobrar a ingestão de frutas, legumes e nozes.
 
Segundo relatório publicado na Revista The Lancet, a dieta pode prevenir até 11,6 milhões de mortes prematuras sem danos ao meio ambiente. 
 
O relatório, lançado em Oslo dia 17, recomenda ainda a eliminação de alimentos considerados não saudáveis das prateleiras dos supermercados ou o aumento dos impostos sobre eles, com o propósito de fazer com que as pessoas façam escolhas mais saudáveis.
 
Os cientistas que integram a EAT - Lancet Commission Hub destacaram a necessidade de se promover uma grande mudança no sistema global de alimentos diante dos grandes problemas de desnutrição, crescimento da alimentação inadequada e os riscos ambientais causados pelo atual sistema de produção de alimentos. A equipe também buscou respeitar as diferenças regionais nas recomendações, adaptando-as às práticas alimentares de cada país no tocante a uma alimentação rica em diferentes nutrientes. 
 
PARA BAIXAR O RELATÓRIO ACESSE
https://www.thelancet.com/commissions/EAT
 
 

fonte: Asbran | Lancet

Navegue no portal

O Portal da Asbran está sempre com novidades para melhor atender você. Aqui você vai encontrar muita informação, acessar publicações, resgatar a memória e conferir o calendário de eventos.

TÍTULO DE ESPECIALISTA

em nutrição

CONBRAN

congresso de nutrição

CANAL ASBRAN

vídeos

MEMÓRIA ASBRAN

nossa história

REDE ASBRAN

associe-se

REVISTA DA ASBRAN

eletrônica

AGENDA DA NUTRIÇÃO

eventos programados

PRONUTRI

nutrição clínica