Recurso pede 4.000 horas de carga horária mínima

Postado em 01/12/2008 |

O Conselho Federal de Nutricionistas encaminhou ao Ministério da Educação Recurso face à decisão da Câmara de Educação Superior expressa no Parecer CNE/CES no 213/2008, publicado no Diário Oficial da União, em 22/10/2008, a respeito da carga horária total mínima de 3.200 horas para o curso de graduação em Nutrição, a fim de que a mesma seja alterada para 4.000 horas.
O Recurso tem a anuência da Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN), Associação Brasileira de Ensino da Nutrição (ABENUT) e Federação Nacional de Nutricionistas (FNN), preocupadas em contribuir para a saúde da população, assegurando assistência nutricional e alimentar por meio do exercício ético, por profissionais habilitados e capacitados, como direitos sociais fundamentais de todos os cidadãos.
No documento, a presidente do Conselho Federal de Nutricionistas resslta que as entidades não lutam por ingerir sobre os cursos, mas, sim, por contribuir para a melhor qualidade do cuidado nutricional à sociedade. "Ademais, todos os estudos concluídos por este Conselho no que diz respeito à organização curricular para a graduação do nutricionista, foram realizados juntamente com significativa amostra do conjunto de coordenadores de curso do país."

Profissionais que queiram aderir ao abaixo-assinado contra o Parecer da Câmara de Educação Superior ainda podem fazê-lo acessando o site http://www.fnn.org.br/abaixoassinado2.php

LEIA RECURSO NA ÍNTEGRA

Navegue no portal

O Portal da Asbran está sempre com novidades para melhor atender você. Aqui você vai encontrar muita informação, acessar publicações, resgatar a memória e conferir o calendário de eventos.

TÍTULO DE ESPECIALISTA

em nutrição

CONBRAN

congresso de nutrição

CANAL ASBRAN

vídeos

MEMÓRIA ASBRAN

nossa história

REDE ASBRAN

associe-se

REVISTA DA ASBRAN

eletrônica

AGENDA DA NUTRIÇÃO

eventos programados

PRONUTRI

nutrição clínica